New Translator....

Seguidores

domingo, 27 de janeiro de 2008

Felina

Felina

Quase nua e descalça
Me tocam tuas curvas
Pingos de chuva
Sabores e cores
Circula com pernas
Apertas com coxas
Braços presos
Sede de boca
Veias e pulso
Marcaram tuas unhas
Costas sangrentas
Segredos afoitos
Mãos que contornam
Loucas historias
Palavras sagradas
Felina vitória

Ulisses Reis
25/01/2008

Um comentário:

LuaDeSedaMel disse...

Os anos passam ... as recordações surgem descortinando um passado feliz. Se o esuqecimento não invadir teu pensamento ... lembrar-te-as de mim ...e eu num sorriso triste de saudades ... estarei sempre a dizer-te:
Meu Poeta ... seja feliz !!!!!

Super bigadu pelas homenagens ... sou paixonada pelos poemas a mim dedicados ... especialmente "esse".

Bikotinhas doces cheia de carinho.