New Translator....

Seguidores

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Baiser Salé II

Baiser Salé II

Mesmo que o beijo seja salgado
Que não me traga o grande viver
Vai servir para saber que me ama
E que aqui tem o todo e o prazer
Que aqui é furacão e trás um pavê
Para destruirmos em segundos
Vamos comer doce e assim
Aquele beijo salgado impuro
Vir impulso e a cama tara unir
Glorificar a situação com a nossa
Elegante e profana conspiração
Vem respira na minha boca
Senti que a havia algo intrínseco
Quer poderia ser não só rimador
Mas tinha o que de lá dentro dor
Minha percepção e atenda e tem cor
É púrpura violeta de um fogo intenso
Algo que dentro quase não agüento
É sintonia pura de razão e coisa louca
Essa paixão!

Ulisses Reis®
04/072011

Eu & Loirinha

2 comentários:

Lou Albergaria disse...

Ficou legal, mas o Baiser Salé I foi mais bonito...

nas asas da borboleta...


Beijos a ti e Sua Loirinha!

LOIRINHA KSADA... disse...

Poeta.... rsrs sou suspeita pra falar... tbmmmm ... rs adorei o da borboletinha, mas tudo que é pra mim, tem um gostinho especial... rsrs obgda ... bjs bjs bjs