New Translator....

Seguidores

domingo, 17 de junho de 2012

Aceita assim

Aceita assim

Esse homem tem quer ser presente
Para dentro de ti ser autentico e rente
Não de deixar sem um belo tesão ardente
Para depois do gratuito o de custo de frente
Com mãos sedosas e muito safada e demente
Onde cada toque de exploração vidente
Possuindo com virilidade inteira servente
Deixando teu corpo louco e sangue fervente
Trazendo a ti o Uno e o Verso explosivamente
Assim você gritando e chorando obviamente
Pelos orgasmos múltiplos e crescentes
Que estava depositado inerte, mas experientes
Perdendo os claros sentidos ele será ouvinte
Dos gemidos e arfares retumbantes
E pela cabeça um furacão estridente
Que faz você receber no corpo ondas restantes
E teu perfume enfeitiça o ar facilmente
Mostrando mais vontade e libido efervescente

Ulisses Reis®
01/06/2012

Para Deh


Um comentário:

Deh... disse...

Que delicia e excitante. Imaginei uma cena quente, cheia de muita cumplicidade, um tesão ardente, uma transa louca, de corpos que se desejam mais que tudo.

Poema lindo, delicioso...

Vc é demais com as palavras, meu Amigo Poeta!!! Adorei!!

Bjsss doces, gostosos
Otimo fds pra vc