New Translator....

Seguidores

domingo, 7 de agosto de 2011

Respirando balsamo

Respirando balsamo

Quero todo o teu ar
Vou mesmo deixá-la sem
Mas com mais de cem
Sentidos aguçados
E você me vem voando
Coma asas açucaradas
E um corpo curvilíneo
E me traga o ar das nuvens
Com todo essa tua gentileza
Você é a borboleta alteza
Quero todo teu ar
Que no seu ser vem quente
E nos meus lábios é ardente
Voe borboleta querente
Seja aqui um lindo presente
E me leve sentir a brisa
Desse inverno que se torna
Um lugar mais quente
Pois agora é ar de presente
E me trás nas mãos uma musica
Que me liga a tudo de bom
E você vem sem avisar ser
Carinho e afago um balsamo
E eu reclamo teu suave olhar
Assim deixa-me entrar e respirar
Cada pedaço do ser que anseio
E repousar nos teus seios que
Arfando cheio de ar, sacia é alento!

Ulisses Reis®
01/08/2011


(Serie Gosto de Agosto 2)

Um comentário:

SexyButterfly disse...

Querido poeta
Suas palavras sempre me deixam sem ar...
Mas também são ar para a borboleta respirar!
Obrigada, sempre!
beijos
Sexy Butterfly