New Translator....

Seguidores

sábado, 16 de fevereiro de 2008

Branquinha


Branquinha

Fiz uma viajem
Entre Enéas Marques e Pato branco
Queria encontrar olhos azuis cor do infinito
Ao chegar, na Julio Assis fui procurar
Andei pra lá e pra cá, você não estava lá
Amei cada arvore e muitas eram
Na Praça Suplicy, sentei e vi gente passar
E o Calçadão agitado esta
Aonde vou te procurar
No bairro do Horto, não esta
No Industrial nem pensar
Olho a Escola Alvorada
Ou vou ao Lago Alvorada
Sonho com a amada
No Golfe Clube, tu não sabes jogar
Cidade do Norte
No Parque de Exposição
Também fui de procurar
Só me falta um lugar
Para ti poder enxergar
Vou pro Caminho do Morro
Um Calvário e rezar
Aos pés do cristo peço e acredito
Nos teus braços parar
Ao por do sol que é lindo
Te encontrar

Ulisses Reis
07/02/2008

2 comentários:

Ricardo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Descreveste com perfeição minha cidade... só um detalhe: qdo quiser conhece-la estarei te esperando, rsrsr

Bigadu pelo carinho. Adoreiiiiiii.

Hiper bikotinhas.

Branquinha.