New Translator....

Seguidores

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Angorá

Angorá

Em chamas me reclamas
Em um abraço angorá
Em beijos implora
Em tuas palmas afago

Em tua entranha aranha
Em tua teia sorrateira cama
Em caricias arreganha
Em morder se expressa

Em ardor me vira
Em delicias não impede
Em deitar pede e queima
Em fogueira me cuida

Em tudo que é abuso
Em vários usos e frutos
Em dar e revolver
Em você meu querer

Ulisses Reis®
04/06/2011

Um comentário:

SexyButterfly disse...

Ah, Poeta!
Palavras tão belas...
Obrigada sempre pelo seu carinho!!!
Beijos!!!